E aí no meio da nossa conversa eu te elogiava, você sorria, e a gente se olhava que nem dois bobos, daí, sentia aquela vontade de te proteger de tudo, de receber todos os golpes da vida por você. Vai ver amor é isso, é desejar cuidar da pessoa, dar um centro, uma vida, uma direção, mesmo que no fundo tu saibas que és um louco, completamente prostrado e perdido. Por que no fundo você acredita que as pessoas ferem e não ficam para ver as cicatrizes que se formam. Por um momento tu esqueces que és um idiota, um nada. Se lembra que as pessoas são incógnitas que jamais serão completamente decifradas. Talvez por uma fração de segundos tu pense que tens uma chance, talvez tenhas.
― Chaos.  (via oxigenio-dapalavra)

(Fonte: caosdapalavra)

277 notas
Sou mestre na arte de falar em silêncio.
Toda a minha vida falei calando-me
e vivi em mim mesmo tragédias inteiras
sem pronunciar uma palavra.
Fiodor Dostoievski     (via oxigenio-dapalavra)
13.003 notas
Não houve um grande amor, houve um grande engano. Você assistia minha dupla personalidade e ficou observando eu me amar por anos. E andar de carro falando só pela cidade, me presentear com coisas de mulher, me masturbar, eu era um sonâmbulo e você teve medo de me acordar.
― Transtorno Poético. (via transtornopoetico)
460 notas

Já pensou como seria bom
viver um pouco fora do tom
e sair um pouco dessa prisão
deixar de lado toda essa ilusão.

Já pensou como seria louco
viver sem acreditar nas coisas que ouço
e correr sem ter pra onde ir
depois de tanto tempo tentando fugir.

Já pensou como seria viver sem essa ansiedade
apesar de tudo ter virado saudade
e acreditar que um dia tudo vai mudar
sem ao menos ter alguém pra ajudar.

206 notas